Make your own free website on Tripod.com

Fazendo o tempo parar

Com uns poucos componentes eletrônicos você poderá montar um dispositivo que permitirá tirar fotos com uma rapidez de até 1/30000 segundos! Veja os exemplos abaixo. São fotos feitas com uma câmera Canon SRL FTb comum, de 1975, um flash Vivitar 345 também convencional e o dispositivo "Paulotron" que você poderá montar em 15 minutos.

Forrei a cama com jornais, coloquei um pedaço de mármore em cima e larguei uma lâmpada da altura de 50 cm. O que disparou o flash foi o som da lâmpada chocando-se sobre a pedra. Note os detalhes: a lâmpada aparece toda rachada mas ainda com a forma original. Onde iniciou-se o choque, observam-se partículas de vidro que desprenderam-se. Veja que apesar da rapidez do evento, a foto está perfeitamente em foco e sem qualquer tremor.

Aqui vemos o resultado do evento acima, 1 segundo depois.

As quatro pilhas foram também largadas de cerca de 50 cm de altura. A primeira a bater sobre a superfície originou o som que disparou o flash.

Aqui deixei intencionalmente o microfone aparecer na cena. O som do palito que bateu primeiro gerou o som que o microfone captou e acionou o dispositivo para disparar o flash. Note que o palito encontra-se afastado da superfície cerca de 3 mm. O flash disparou, portanto, milionésimos de segundos atrasado. Isto pode ter sido causado pela distância do microfone ao alvo ou atraso resultante de alguma constante de tempo introduzida pelos componentes eletrônicos utilizados. Mas isto jamais me tirou o sono.

O som de apenas um palito caindo foi suficiente para disparar o flash.

Um punhado de colheres caindo. Uma delas gerou o som disparador. As outras só serviram para fazer minha mulher vir ver o que estava acontecendo e interromper meu experimento científico.

 Paulotron, é o dispositivo que permitirá você fazer fotos como estas, cujo diagrama aparece abaixo. É necessário que você possua uma câmera fotográfica com controle de tempo de exposição e um flash eletrônico com tempo de exposição automático. O microfone não é crítico e deve estar conectado a um amplificador. Pode até usar o seu "system" se seu filho deixar. Na saída de um dos falantes você irá ligar os fios que estarão ligados ao transformador T1. Este transformador é um velho transformador de saída de rádio à válvula ligado ao contrário: secundário no lado da caixa e primário para o lado do SCR. O diodo D1 pode ser um 1N4004, o SCR um MCR106 e R1 um resistor de 2,7 K. Se tiver dúvidas, diga-me qual o seu equipamento e eu lhe direi se serve ou não.

Entre em contato comigo: pmr@pobox.com


Você é o visitante número

[Estrelando...VOCÊ!] [Fiat? Não, obrigado] [Eu Exijo Qualidade] [Potência do Som] [Piloto Por Um Dia][Edição de Vídeo]

[Turbulência][Você Tem Medo de Voar?] [Tudo Que Você Queria Saber Sobre Informática][Página Inicial]